domingo, agosto 23, 2009

Citações Nº 33. Voltaire


"Só fui à falência duas vezes. A primeira, quando perdi uma causa. A segunda, quando a ganhei."

(Voltaire)

Gostou do texto? Cadastre-se ali no topo esquerda e receba mais posts no seu email. É grátis!

8 comentários:

  1. Nossa, queria eu ter essa dinâmica toda para postar no meu blog...! Espero aos poucos recuperar minha regularidade para escrever. Sinto falta de escrever, de ler outros blogs e, principalmente, da saudável troca de ideias que surgem de cada post! Aguarde-me, voltarei a escrever mais...!
    Beijos,

    Lúcia

    ResponderExcluir
  2. Oops, corrigindo: ...da saudável troca de ideias que SURGE! Olha só como ficamos enferrujados se não praticamos a escrita com regularidade...! ;-)

    ResponderExcluir
  3. Queria saber mais sobre esta frase...Será porque da primeira ele não ganhou e quando ganhou não soube usar os honorários?


    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Aproveitando a pergunta da Sam, interpreto da seguinte maneira: quando ele perdeu a causa, ele quis ganhar; e quando ele ganhou, ele quis perder. Ou seja: nada saiu como ele planejou.

    ResponderExcluir
  5. Lúcia tudo que tu dissestes é o que faz valer a pena na blogosfera, só que essa dinâmica toda só é possível graças aos novos parceiros de postagem do Máquina de Letras. O Hélio e a Lu Vieira. Nem eu aguento um ritmo assim.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  6. Lu e SAM pra mim ele foi a falência porque não importa o resultado, no final o único que sai ganhando é o advogado.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Nane obrigado pela visita.
    Um abraço e volte sempre.

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.