sexta-feira, maio 27, 2011

Não me hospedo mais no Hotel Fazenda Boqueirão

Graças a um desses sites de compras coletivas consegui uma estadia num hotel fazenda de Lages a um preço bom numa época que considero muito adequada.O mês de maio é frio o bastante pra justificar um passeio no topo do planalto.

Saímos de Palhoça às 06:20 de 16/05 com 15ºC em direção a Tubarão. Lá saímos da BR-101 em direção a Serra do Rio do Rastro. A menor distância entre dois pontos pode até ser uma linha reta, mas não quer dizer que seja a mais divertida. A subida da serra foi tranqüila apesar chuva e da neblina. O que prejudicou bastante a vista das paisagens exuberante que o caminho tem.  A sensação que tínhamos era que estávamos a caminhos do céu numa estrada de nuvens.
Almoçamos no restaurante Snow Valley R$ 10,00 livre por pessoa. Comida caseira gostosa à beira da lareira e depois uma xícara de chocolate quente pra rebater.

O planalto é lindo com seus rios, fazendas, pedras, maçanzais e pinheiros. Os olhos não se cansam da paisagem. Aves e outros animais também ajudam a enriquecer a experiencia de quem se aventura pela região serrana.

O Hotel Fazenda Boqueirão apresenta uma bela estrutura e funcionários muito atenciosos. Passeios a cavalo, trilhas, pesca, quadra de tênis, futebol, piscina aquecida um bom salão de jogos e um passeio numa bandeirante transformada em micro ônibus. Num desses passeios pelo mato encontramos duas pinhas caídas. O nosso guia não perdeu a oportunidade e mostrou-nos como se faz uma sapecada de pinhão. Juntamos grimpas, galhos secos de araucária, debulhamos o pinhão. Joga o pinhão sobre a grimpa, cobre com mais grimpa e toca fogo. Deixa queimar, afasta as cinzas e come. Fica melhor que pinhão assado na chapa do fogão a lenha. Além de tudo ainda tínhamos ao nosso dispor a deliciosa culinária da região. Polenta, quirera, sopa campeira, entrevero, morcela escura, morcela branca, etc.


E tudo seria perfeito se o celular da minha esposa tivesse retornado conosco ao final da viagem no dia 18/05. Mas não foi o que aconteceu. Após fechar a conta fomos ao centro de Lages comprar pinhão para levar pra casa e abastecer o o carro. Nesse momento demos falta dos nossos celulares que ficaram um tanto esquecidos nessas férias. Encontrei o meu e comecei a ligar pro dela. Ele chamava, chamava e eu não conseguia ouví-lo nem nas malas ou em qualquer lugar do carro. Pensamento óbvio, ficou no hotel. Quando cheguei lá o celular já não chamava mais. Dizia que o telefone estava indisponível. Revirei o quarto e não encontrei o telefone. Expliquei o caso na recepção e fomos embora. Eu ainda acreditava que poderia estar dentro de uma das malas. Só no caminho me toquei que o celular estava chamando, mas quando chegamos no hotel ele estava desligado. Sendo que eu o carregara no dia anterior o desligamento não era por falta de bateria. Alguém o desligou. Ao chegar em casa liguei para o hotel expliquei novamente a situação e avisei que aguardava um retorno. Até o momento não ligaram nem mandaram e-mail. Se achassem eu gostaria de recebê-o de volta. Se não acharam um pedido de desculpas seria muito bem vindo.
Por essas e outras que digo não se hospedem no Hotel Fazenda Boqueirão.




Gostou do texto? Cadastre-se ali no topo à esquerda e receba posts no seu email. É grátis!

32 comentários:

  1. Meu amigo, não fosse isso e seriam dias de sonho e tudo na maior, a natureza exuberante, mas, o ser humano falha a maior parte das vezes por não saber ser honesto, das duas uma, ou algum empregado o guardou para usar...ou nem ligaram e também pode ter sucedido que nem o viram, assim, perdeu-se, paciência.

    Um beijinho.

    laura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OU ela perdeu em outro lugar,,, eles nem tinham certeza se estava lá... absurdo!

      Excluir
    2. Juliana acho realmente interessante o seu empenho em defender o hotel. Mas com certeza o celular foi furtado lá dentro.

      Excluir
  2. Que falta de profissionalismo desse hotel!
    Eu também nao retornaria mais...

    ResponderExcluir
  3. Laurinha até foram dias de sonho, pois o lugar é mesmo muito lindo. E quanto aos seres humanos... bem há muito o que se evoluir ainda.
    Beijos linda.

    ResponderExcluir
  4. Cris no setor de turismo o pessoal ainda não entendeu como encantar os clientes. Pois o problema não é o celular, por que isso poderia ter acontecido em outros lugares, mas um pedido de desculpas seria perfeito, pelo menos eu me sentiria como um ser humano e não apenas como mais um número nas estatísticas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Justamente! Mas profissionalismo seria se tivesse sido feito as duas coisas, devolvido o celular e um pedido de desculpas. E pior que se você libera feed no Google do teu blog, todo mundo vai começar a achar essa postagem, para a falta de sorte deles né.

    # Mas eu tive que salvar a foto da cachoeira, ta lindíssima!

    ResponderExcluir
  6. Concordo contigo Cris, mas o pior é que já liberei o Feed e quem se der ao trabalho de ler a postagem até o fim saberá o porquê de eu não recomendar esse hotel. A sorte deles é que sou um blogueiro muito pouco lido. Se eu fosse uma microcelebridade quanlquer a minha reclamação faria um estrago considerável na reputação deles.
    Quanto a foto da cachoeira pode copiar a vontade. É uma pequena queda d'água na subida da Serra do Rio do Rastro.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  7. Olha amigo. Eu trabalho com restaurante e mais de uma vez clientes me acusaram de pegar celular e alguns dias ou semanas depois encontram no meio do banco dos carros, no bolso de um palitó ou qualquer outro lugar. Você sequer sabe onde perdeu. Não pode acusar dessa forma. Realmente pode ter ocorrido no hotel, mas o primeiro a errar foi você que não cuidou de seus pertences. Não quero criticar, apenas estou dando a opinião de alguém que vive de outro lado da situação. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro anônimo sinto muito pelas acusações injustas que recebeste em vida. Porém o caso acima fica configurada a perda dentro do HOTEL FAZENDA, pois no período não saímos de la para lugar algum. E agora já faz quase dois anos e ainda não encontrei o celular.
      Obs: o meu carro não é tão grande assim.
      Um abraço e volte sempre.

      Excluir
    2. Gente, é muito errado acusar sem ter certeza....

      Excluir
  8. Boa tarde, fiquei mais de uma vez no hotel fazenda Boqueirão e, existem em todos os quartos um cofre para guardar pertences pesoais. O cofre é fácil de usar e é lá que deveriam ficar os objetos de valor, como celulares, relógios, joias, notebook, carteira com documentos, chave do carro, etc...
    Os seus celurares estavam lá?
    obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonardo e Joscy é óbvio que os celulares estavam trancados dentro do cofre até porque é o melhor lugar pra ter sinal e se acaso o telefone tocar ele não vai me perturbar, afinal ninguém vai ouvir mesmo.

      Excluir
    2. Se os 2 celulares estavam no cofre, como vc tirou um e perdeu o outro?Depois vc fala que percebeu a falta ao comprar pinhões? Falta de profissionalismo??? Será mesmo????

      Excluir
  9. Com certeza Leonardo e Joscazeny!Fiquem tbm no hotel fazenda boqueirao e utilizei o cofre para deixar a carteira,bolsa da mulher e celulares!Nao tive nehum problema,mas com certeza voltarei este ano la,gostei muito do lugar e vou fazer minha rezerva para nao ficar sem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jackson torço para que tudo tenha dado certo em sua estadia e que não tenhas necessitado de um retorno por parte da administração do hotel, pois isso não é mesmo o ponto forte deles.

      Excluir
  10. Eu me hospedei no Hotel Fazenda Boqueirão e amei, foi tudo perfeito, me parece que a equipe de funcionários do hotel trabalha lá há bastante tempo, basta ver o zelo que eles tem com o lugar. Eu fui pra Lages à trabalho e precisei, infelizmente, falar muitas vezes no celular... Como voce mesmo disse, você foi pra lá a descanço e quase não usou o celular, por isso não sei se voce teve a oportunidade de perceber que,lá, o celular não pega muito bem, o sinal oscila o tempo inteiro. Acho que isso ocorre pois o hotel fica na zona rural, onde geralmente há poucas antenas de transmissão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim o celular não pega muito bem, mas o que aconteceu é que fizemos as malas e esquecemos o celular dentro do quarto, saímos do hotel e voltamos em meia hora. Foi o suficiente pra alguém dar fim no aparelho.

      Excluir
  11. eu amei cada minuto naquele paraiso rural, voltarei concerteza quantas vezes puder, la pude relaxar, passar bons momentos com minha familia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angrid realmente o lugar é maravilhoso. Só o que me magoou mesmo foi o evento do celular e a total ausência de retorno por parte da equipe do hotel.

      Excluir
    2. Provavelmente ela perdeu em outro lugar... vcs nem cogitaram isso.... NO seu post vc não disse que deixou dentro do cofre... mto pelo contrário.... vc disse que "encontrou" o seu... mas ela não "encontrou" o dela pq deve ter perdido na rua...

      Excluir
    3. Juliana Araújo Eu tenho certeza sobre o que ocorreu, mas o que me deixa triste e já deixei isso claro é eu ter feito uma reclamação e ninguém ter me dado um retorno.

      Excluir
  12. por muitos anos frequento o hotel fazenda Boqueirão e nunca tive nada furtado, deixo tudo bem jogado e nunca sumiu nada, até porque se observassem todo quarto tem um cofre a disposição, não é pratico?
    Rejane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cofre é maravilhoso. Tanto que da próxima vez que for a um hotel colocarei os meu pertences dentro dele e o levarei pra passear. Vai que alguém liga e não estou com o meu cofre pra atender o celular.

      Excluir
  13. O cara nem sabe onde perdeu na verdade. Quem garante que quando foram ao mercado comprar pinhão e abastecer, deixaram cair. Afinal, eles se deram conta de que não estavam com o celular ali, ou seja, imaginavam que tiveram levado consigo e de fato, poderiam ter levado e perdido no caminho. É preciso cuidado, porque caberia um processo por difamação essa exposição de um empreendimento tão idôneo como o Hotel Fazenda Boqueirão. Quem deve desculpas não é o hotel. Se acusam os funcionários de ladrões, eles podem acusá-los de oportunistas. Tem prova para dizer com tanta propriedade o que diz? Não esqueça que isso aqui é Brasil, e turista espertinho é o que mais se encontra. Se não tem provas, não tem porque fazer esse alarde todo. parece menino pequeno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se cabe um processo ou não isso é problema meu. Quanto a ter certeza de onde perdeu, eu tenho. Idôneo ou não, deixou a desejar na questão de pós venda, pois apresentei uma queixa e não obtive retorno algum. Quanto a existir turista espertinho fale por você, por que eu sei de mim.

      Excluir
  14. Merece aplausos Kaline.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alex como eu sempre digo:
      Opinião é igual Cú cada um tem o seu. Muito obrigado por compartilhar a sua conosco.

      Excluir
  15. Você desmereceu o hotel porque esqueceu de cuidar de um pertence seu? Todos, vez ou outra, podemos esquecer algo. Porém, a responsabilidade sob SEU pertence, é SUA, independente de onde estava. Todo mundo sabe como está o mundo. Funcionário pilantra pode existir lá nesse hotel, assim como pode existir na empresa onde você trabalha. Então, cada um faz pela sua vida.

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.