sexta-feira, outubro 15, 2010

Mudanças

Às vezes é preciso mudar por fora pra conseguir mudar por dentro.






Gostou do texto? Cadastre-se ali no topo à esquerda e receba posts no seu email. É grátis!

16 comentários:

  1. Te entendo perfeitamente.
    Um dia desses eu estava comparando minhas fotos... A da faculdade, a de meia passagem e a da carteira de motorista. Três pessoas completamente diferentes. Numa eu estou com cabelo curto, na outra com ele gigante, e na última eu estou ruiva com uma franja. Mudo por fora pra mudar por dentro.. Mudo meu cabelo, arrumo meu armário... Qualquer coisa vale!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. É verdade. Ou também pode ser o contrário. A tua mudança interior às tantas acaba por se reflectir no teu exterior.

    Abraços,
    Clara

    ResponderExcluir
  3. Raíssa quando a loucura tá batendo muito forte eu arrumo o guarda-roupa ou a casa, naquela tentativa de arrumando o exterior trazer ordem para o interior. Nem sempre funciona, mas é um caminho. Agora mudando o física em busca de mudança mental.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  4. Clara tomara que seja uma mudança interior dando sinais de vida.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  5. Oh, cortaste aqueles cabelos lindos? oh, mas deixa lá, em breve crescem que nem cachos de uva,... saudadinha de te ver.. abraço da laura

    e mudar de visual não interessa, interessa que seu interior continue sendo o mesmo menino travesso de sempre...

    ResponderExcluir
  6. nossa mudança radical hein, mas é realmente importante mudar, dá novos ares pra gente em tudo, muda a energia...
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Que bom que li este post. Sei bem como é isso, Alves. Nossa! Já cortei o meu (e olha que pra mulher isso é algo muito, muito mais difícil!) também para mudar por dentro. Havia terminado um relacionamento passageiro para voltar para outro de anos... queria me "limpar", sabe? Sentir renovada, recomeçando mesmo. Então meu cabelão liso e negro se transformou num beeem curtinho, parece de menino (mas não era batido, apenas curto). Não gostei, não me senti eu mesma, mas mudei. Recomecei e me senti renovada. E aí? Como está se sentindo sem eles? :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Laura foram-se os cachos mas nossa amizade continua. Apesar da minha necessidade de mudança não quero deixar de ser travesso.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Lilly era bem isso que eu estava buscando.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  10. Flávia por enquanto ainda estou me sentindo estranho. Na hora de lavar o cabelo então... nem se fala. Mas acho que vou me acosumar. Pelo menos um passo já foi dado no sentido de mudar as coisas.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  11. menino, a nossa Lu a Luzinha por onde anda, o blogue mudou? como é? abraços pra todinhos aí.. laura

    ResponderExcluir
  12. Aprovado L. S.!

    Se bem que bem pensadinho só se for pra reciclar mesmu, pq mudança radical vc nao precisa, pelo menos pelo que sinto quando vc escreve...

    beijoquinhas do lado de cá

    ResponderExcluir
  13. Laurinha é só o trabalho que anda a sugar-nos com força.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Cris obrigado pelas palavras carinhosas.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  15. gostei deveras da mudança baby.

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.