quarta-feira, março 30, 2011

Sonho nº 12 - Dançando no céu

Entre janeiro e fevereiro tive um lindo, profundo e marcante sonho. Considero o melhor até o momento. Nunca sonhei com imagens tão nítidas. Foi um sonho curto. Usava um vestido, mas não me lembro mais da cor e do cumprimento. Eu era mais nova. Com poucas nuvens, o sol brilhava e não dava para sentir os seus fortes raios como nos dias de hoje que precisamos nos proteger com protetor solar e óculos escuros. Havia flores e animais pastando. Eu via tudo isso no céu. Eu voava no céu em pé indo para cima ou para baixo. O meu voo era uma dança. Movimentava os braços, saltitava e girava no ar. Quando voava para cima, eu me sentia tão feliz. Em um determinado momento, parei de me movimentar, comecei a descer e me deu um medo grande. Logo ouvi uma voz masculina, serena e tranquila: “Estou com você”. E eu subia dançando e uma alegria imensa preenchia o meu ser. Outra vez começava a descer e a mesma voz disse: “Não tenha medo. Estou com você”. Novamente subia. Quanto mais ia em direção ao céu, mais paisagens apareciam na terra. Às vezes, descia de novo a fim de me testar. Quis sentir se o medo voltava. E subia novamente. Depois parei e fiquei rodopiando, abrindo os braços, balançando a saia. Acordei. “Por que acabou? Estava tão bom!”. Fiquei em silêncio e pensando com admiração no sonho que tive. Chorei e agradeci ao meu Pai do Céu por ter tido um sonho tão maravilhoso. Refleti bastante e conclui que pode se tratar da minha busca por coragem e segurança. E Deus dá a coragem e a segurança. Coragem para lutar pelos meus sonhos e segurança nos meus atos.

Lu Vieira

Gostou do texto? Cadastre-se ali no topo à esquerda e receba posts em seu email. É grátis!

2 comentários:

  1. Amei o texto! Como sempre arrasando.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que bom, Roberta. Obrigada e beijos pra você também!

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.