quarta-feira, março 03, 2010

Orgulho e Preconceito

Apesar de um filme sobre essa história ter sido feito recentemente quem me apresentou a Jane Austen foi uma colega, Ceinwyn, do fórum Valinor. Ela leu, adorou e deixou como recomendação a leitura de qualquer obra da autora.

Passaram alguns anos até que nas minhas férias de 2008 tomei coragem e adquiri um exemplar de Orgulho e preconceito.

A história abre com um dialogo tão banal que só mesmo um grande talento para esconder coisas importantes sob tanta futilidade e ainda assim espicaçar a curiosidade do leitor. O casal Bennet especula sobre a chegada à cidade de um jovem solteiro e rico. E nesse momento começamos a perceber sobre o que se trata a história. A busca da senhora Bennet em casar "bem" as suas cinco filhas.

Creio que mais de duzentos anos se passaram depois da publicação desse livro e mesmo assim nota-se que poucas coisas mudaram. Liberação da mulher, luta por direitos iguais e ainda hoje vemos mães empurrando filhas em direção a casamentos como se essa antiga instituição, falida, fosse o supra-sumo da realização pessoal na vida de uma mulher. Nesses dois séculos de intervalo o que mudou é que as vítimas de antes eram lordes e fidalgos e agora são pagodeiros e jogadores de futebol. Pensando bem, eles bem merecem o que lhes acontece.

Voltando ao livro, com esse pano de fundo tão atual e ao mesmo tempo tão simples Jane Austen desenvolve com maestria a trajetória de Elizabeth Bennet a segunda irmã mais velha entre as cinco moças da família. Personagem principal e de longe a pessoa mais equilibrada e perspicaz da família. É através de seus olhos que as palavras do título são desenvolvidas no decorrer do romance. Criando personagens interessantes e invertendo as coisas quando já acreditamos que tudo está definido Jane escreveu uma história cheia de “humanidade” que agradará àqueles que gostam de retratos da sociedade e a quem aprecia uma boa história de amor e intrigas.

Afirmo que esse livro foi uma agradável surpresa e que sua leitura é tão suave e fluente que em três dias devorei suas páginas. Apesar de toda minha programação de férias. 

P.S: Um ano e pouco depois de ter feito essa resenha assisti o filme e digo que foram muito felizes com a adaptação que levaram à tela. Roteiro quase igual ao livro!

Gostou do texto? Cadastre-se ali no topo à esquerda e receba posts no seu email. É grátis!

22 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Assisti o filme e simplesmente amei.
    Os livros de Jane são ótimos , inclusive Amor & Inocência, que conta a historia da propria Jane Austen :D

    ResponderExcluir
  3. Confesso que ainda não li o livro, mas (cinéfila assumida) vi o filme. Realmente muito bom! bjs

    ResponderExcluir
  4. Ah! "O Clube de Leitura" de Jane Austen (filme #D) também é bom! Recomendo. :)

    ResponderExcluir
  5. Thá também gostei do filme. Agora só tenho que tomar vergonha na cara e ler alguma outra doisa da J.A.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  6. Flávia vou procurar esse filme que tu indicou. Quem sabe eu gosto deste também.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  7. Achei piada no texto que: hoje as jovens são direccionadas para pagodeiros ou jogadores de futebol.
    As coisas passam-se exactamente na mesma em Portugal. Elas rapidamente são seduzidas por jogadores de futebol.

    Quanto a Jane Austen não conheço bem. O filme "Orgulho e Preconceito" passou aqui na televisão e achei interessante.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Não li o livro e nem vi o filme...Estou ansiosa!Tenho certeza que vou amar! Obrigada.

    Beijos, com carinho

    ResponderExcluir
  9. Ando tão relapsa com leitura...
    Abraços moço ;)

    ResponderExcluir
  10. Apenas li o livro montes de vezes e assiti o filme na tv a preto e branco, adoro é lindo..Beijinho da laura

    ResponderExcluir
  11. Eu sou louca pelaas obras de Jane Austen. Só este filme vi umas 100 vezes. É o que mais adoro. Eu tenho os livros em inglês que são os melhores para sentir o jeito dela narrar e podermos viajar neste mundo fantastico que mais parece real.


    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Carlos pelo visto as coisas andam parecidas aqui e ai, mas acho melhor dizer que elas seduzem os jogadores, por que se alguém tem algo a perder nessa história são eles. E essas moças nada tem de tão inocentes assim.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Sam não perde tempo menina. Compra um pacote de pipoca e aluga logo o filme.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  14. Bela uma hora as coisas acalmam e você tira o atraso.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  15. Laura realmente é mesmo lindo.
    Beijos moça.

    ResponderExcluir
  16. Sissym assisti o filme e gostei, mas o livro é ótimo. Pra quem lê bem em inglês é claro que o melhor mesmo é ir direto a fonte.
    Um abraço e volte sempre.

    ResponderExcluir
  17. Fazendo coro, eu também gostei do livro e do filme - uma das poucas adaptações que me fizeram feliz. Outro livro da Jane que fez sucesso nas telonas (mas que eu não assisti, apenas li) foi "Razão e Sensibilidade". Quem sabe esta poderá ser sua próxima opção em se tratando de Jane Austen...

    ResponderExcluir
  18. Há mais ou menos um mês atrás eu fiz um post sobre esse livro, não foi como o teu, claro, mas a ideia foi mais ou menos a mesma. Eu coloquei um trecho do livro e fiz um comentário falando que orgulho e preconceito foi escrito em 1797 e aborda situações que até hoje são frequentes na nossa sociedade. É um livro maravilhoso! Eu tenho o filme, mas ainda não assisti, pretendo fazer isso logo logo, assim que tiver um tempinho, porque além do livro ser excelente todos falam que o filme também é ótimo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Emanuela bem interessante o que tu dizes, uma das poucas adaptações que te fizeram feliz. Sinto isso também em relação a esse filme, já que, na maioria das vezes mutilam a história, trocam finais, somem com personagens e o que sobra no final é um monstro sem pé nem cabeça.
    Agora vou em busca do "Razão e Sensibilidade" Pra ver o que me aguarda.
    Um abraço moça.

    ResponderExcluir
  20. Raíssa eu já tinha visto o seu post. Moça corre lá e assiste logo o filme, creio que não irá se decepcionar.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Acho que tá na hora de ler o livro e de ver o filme também:)
    Bjks Luciano e Lu. Tou de volta!!!

    ResponderExcluir
  22. Clara creio que irás se identificar.
    Um abraço moça e seja bem vinda de novo a blogosfera.

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.