sexta-feira, setembro 04, 2009

A tragédia de um picareta - imitação de hamlet ou coisa parecida

Ser ou não ser um mero inadimplente?
Dever ou não dever, eis a questão:
Pagar a conta mais antiga e urgente
Ou qualquer uma sem definição?

É mais nobre sumir completamente
E nunca mais pagar a prestação?
Ser mesmo um caloteiro consciente
Ou assumir o encargo, a obrigação?

Sonhar, dormir... de que adianta isso?
Ao acordar lá está o compromisso!
O sono não garante a quitação!

Sonhar ganhar sozinho a loteria.
Daí viver em paz, em harmonia,
Ou então morrer do coração...!

Hélio Cabral Filho

Gostou do texto? Cadastre-se ali no topo esquerda e receba mais posts no seu email. É grátis!

5 comentários:

  1. Passando pra desejar um ótimo fds!

    ResponderExcluir
  2. Bem feito e bem realista, amigo.


    Beijos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Ola,

    Saudades de ti e desse blog.

    Estou tentando voltar a minha vida blogueira, espero que Bebejinho continue cooperando...kkkk

    Vim aqui te dar um oi e ler seus posts.

    beijos e fiquem com Deus

    Barbrinha e Bebejinho

    ResponderExcluir
  4. vulgo

    DEVO E NEGO, NÃO PAGO ENQUANTO EU PUDER.

    ResponderExcluir
  5. Oi. Com tanta aflição, axo melhor morreres do coração e assim, mandas tudo às urtigas e piras-te, acredito que no outro mundo as contas d atv e seguros, se acabaram, mas, as contas mentais, essas aumentaram, assim...trabalha, compra, paga o que puderes e devagar chega slá...beijinhos d amoça de Braga..

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.