quinta-feira, janeiro 31, 2008

Carnaval festa da liberdade?


Estou começando a desconfiar que sofro de paranóia, síndrome da conspiração, ou estou virando um cara sem assunto pra escrever. Em mais um “inocente” passeio pela rede dou de cara com essa pérola da censura. Clique aqui e leia a notícia sobre a censura achacando mais uma vez o carnaval carioca. Tal como aconteceu com a Beija-Flor no carnaval de 1989 a justiça torna a coagir uma escola de samba a mutiliar o seu enredo devido a uma reclamação feita por um pequeno grupo que se sentiu ofendido.
Concordo que o holocausto foi um evento lamentável da história da humanidade, mas nem por isso creio que o assunto deva ser tornado tabu. Até porquê a comunidade judaica faz questão de lembrar a todos o tempo todo o que aconteceu naquela guerra infame. Será que um desfile de escola de samba será capaz de despertar o ódio racista no Brasil. Será que um carro alegórico e fantasias se tornaram armas do terror? Nem vou questionar o sobrenome da juíza e a sua "imparcialidade" no assunto.
Toda censura é burra e o judiciário brasileiro comete mais uma das suas lambanças.

28 comentários:

  1. O que fazer não é? Vi essa matéria no jornal e conclui mais uma vez q a justiça brasileira não tem muito com o que se preocupar. É como você disse, aceitar essa reclamação só vai deixar com que o holocausto se torne um tabu. Um beijo. Te favoritei

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Obrigada pelas tuas visitas sempre tao queridas no meu cantinho...
    Tamebm gosto muito de passar por cá e ler com atenção os teus textos. Mto interessantes!
    Beijo e BOM FIM DE SEMANA*

    P.S. Ja te adicionei ao "Sol nasce amanha" ;)*

    ResponderExcluir
  3. Olá moço, se marimbe para isso e deixe pra lá, carnaval é carnaval e as coisas são para manifestar como sabemos, e o seu carnaval é cá uma coisa de estoirar o pessoal...bora sambar e lá vamos nós nos enredos que os outros nos arranjam, de certeza que já se safaram e vão sambar por ai na mesma..a não ser que a coisa fosse pior do que pensamos e ai..Juiz tem de ter razão, senão?...

    ResponderExcluir
  4. Essa censura não devia existir...

    ResponderExcluir
  5. Thaís acom certeza ajustiça brasileira tem muito com o que se preocupar. Só falta elea tomar vergonha na cara e cuidar do que é importante em vez de ficar por ai censurando a cultura.
    Um abraço e volte sempre.

    ResponderExcluir
  6. Cacharel fico feliz em saber que meus textos te agradam.
    Obrigado por me linkar.
    Beijos e bom final de semana pra você.

    ResponderExcluir
  7. Laura nem vou sambar. Vou pegar a estrada e conhecer uns pedaços do Brasil que eu ainda não vi.
    Beijos minha linda e muita alegria nesse carnaval.

    ResponderExcluir
  8. Andréia nem essa e nehuma outra.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. eu ouvi essa notícia no rádio, mas também nem achei isso uma coisa muito criativa da viradouro.

    ResponderExcluir
  10. Oiiii

    Adorei as boas vindas, rsrsrsr!

    Obrigada, quem sabe um dia meu blog fique legal que nem o seu rsrsrs!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Cris realmente não foi muito criativa, entretanto creio que eles tinham o direito de desfilar com o carro e usar as fantasias.
    Beijos e um feliz carnaval pra você.

    ResponderExcluir
  12. Juliana fico feliz que tenha gostado e espero que você volte sempre.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. Lamentavel isso,querido amigo...
    Uma coisa nada tem a com outra,mas que fazer,eles tem o poder de dicidir,lol

    Beijoca doce

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente "eles" tem o poder. Eu queria que eles tivessem o dicernimento.
    Um abraço collybry.

    ResponderExcluir
  15. É proíbido proibir poderia ser algo mais vivo, né.

    Bom feriado e beijinho

    ResponderExcluir
  16. Concordo com a decisão da juíza, mas por outras razões.
    Entendo que não se deve brincar com coisas sérias.
    Nós respeitamos o corpo dos mortos de familiares próximos, porque não respeitar o dos outros?
    Esses 'mortos' que queriam passear no meio de danças e folias, eram a representação do familiar próximo de alguém....Seria, no mínimo (para não dizer macabro), falta de respeito por esses mortes e famílias, em resumo, pela comunidade judaíca e suas dores.

    ResponderExcluir
  17. ...os contrastes do ser humano... coisas da vida!

    ResponderExcluir
  18. Aproveite bem o carnaval (com ou sem censura...) ;)

    ResponderExcluir
  19. Ah moço, já vi na tv aquela do cortejo que foi destruida pela policia, aquilo tinha imitações de esqueletos cabeças de mortos, enfim..devia ser contra a policia e então...pensem primeiro no que se pode...pode... fazer, porque eles andam por todo o lado e depois? pimba..
    Bom Carnaval prá vc e aqui coitados, chove que nem as quedas do iguaçu...

    ResponderExcluir
  20. Luciano,

    Também concordo com a decisão da juíza. Como viveremos em sociedade sem respeitarmos as diferenças? Afinal, nossa liberdade (seja de expressão ou outra qq) vai até onde não prejudique outrem. Um dos papéis da Justiça é justamente este, equilibrar as diferenças para que não ofendam/prejudiquem outros.

    Talvez para a maioria o carro alegórico em questão não seria ofensivo, só para a "minoria" judaica. Isso lembra muito qdo um pastor evangélico chutou a imagem duma santa na TV. Se ofender uma "maioria" tá errado, mas se ofender uma "minoria" é exagero?

    Como a ahlka comentou logo acima, basta se colocar no lugar do outro (a tal da empatia) para saber se é exagero ou não. Eu não gostaria de ver uma menção a um ente querido meu exterminado usada sob pretexto de "diversão cultural".

    Respeito a sua opinião, mas seria interessante vc olhar a questão sob mais de um ponto de vista. Eu geralmente faço isso qdo não entendo as atitudes alheias estranhas, e compreendendo cada vez mais o próximo compreendo cada vez mais a mim mesmo, e vice-versa.

    1 abraço.

    ResponderExcluir
  21. Droga... Censura?

    É carnaval?

    Censura sim!

    Mas tudo tem limites...

    ResponderExcluir
  22. Ás vezes acho que até mesmo juízes "ilibados" e "imparciais" adoram uma notinha no jornal e apreciam "aparecer" rsrs...Começando por aquele Siro Darlan e culminando com outros e outras juízas...Enfim...

    ResponderExcluir
  23. E tem outro detalhe.

    Vou reproduzir um comentário em outro blog sobre o assunto:

    Ricardo Carrano - 31/01/2008 - 20h 03m

    Para os que nao sabem:
    Nazismo ou manifestações relacionadas a sua divulgação no Brasil e' ilegal.
    LEI Nº 9.459, DE 13 DE MAIO DE 1997.
    Portanto nada ha' para ser discutido. A decisão da Juiza tem base Legal.
    Mais duas coisas que brasileiro tem que aprender.
    1- Que leis existem para ser cumpridas e não para se gostar ou aceitar. Isso diferencia e influencia no desenvolvimento de uma nação.
    2- Fazer piada ou carnaval ou desgraça alheia não e' cultura.
    E mau gosto. Coisa de barbaros.


    1 abraço.

    ResponderExcluir
  24. E prontos, afinal a policia teve razão ao retirar aquilo,,,pensassem anets de fazer se iriam ser sensurados ou não...devem chorar o ano todo a lembrar o que se gastou em material e horas d etrabalho...
    joquinhas e divirta-se calcorreando a sua terra...

    ResponderExcluir
  25. Eles desviam a atenção das pessoas para o que não tem importância e deixam de cumprir as obrigações. Isso me revolta!

    ResponderExcluir
  26. Pessoal obrigado pela participação de todos e pelo tom saudável do debate. Retornei hoje do carnaval e vou colocar as coisas em dia um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  27. perfeito e oportuno seu comentário . qualquer tipo de censura á algo abominável . a justiça proibiu a livre expressão cultural mas ses fez de cega qdo o "senhor" "escroque" anízio abraão desfilou em carro de bombeiros com escolta militar à frente de todos , uma afronta . tb fiz um post sobre o tema no meu blog . parabéns

    ResponderExcluir
  28. Paulo depois eu vou lá conferir o seu post. Enquanto isso assistimos a justiça aprontar mais uma das suas.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Se você se deu ao trabalho de escrever então nós iremos responder.